Os dez mandamentos que fazem a distinção entre um Árbitro e alguém equipado como um Árbitro

1. Estuda e compromete-te pessoalmente a manter-te informado das leis e regulamentos da arbitragem.

2. Tem sempre presente que a boa condição física é fundamental ao bom desempenho da tua missão.

3. Assegura-te de que o teu comportamento está conforme com os princípios de um juízo correcto.

4. Mantém um comportamento marcante, digno e personalizado junto dos teus directores, bem como dos dirigentes dos clubes.

5. Sê seguro, categórico e cortês na direcção da competição.

6. Condena o comportamento não desportivo e promove o respeito mútuo.

7. Mostra-te sempre disponível para incentivar, motivar e esclarecer os colegas mais novos, agora iniciados na função.

8. Não critiques publicamente o colega em actuação e dissuade outros de o fazer.

9. Aceita as observações técnicas de forma aberta, visto que o seu fim resulta da observação de uma terceira pessoa ao teu desempenho, e pode contribuir para o teu aperfeiçoamento técnico.

10. Faz das críticas motivo de auto-análise e reflexão, em vez de te mostrares indignado e relutante ou vaidoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

*