Conforme aviso convocatório, decorreu ontem a eleição para a nova Direcção do NAF Lisboa, tendo sido apresentadas a sufrágio duas listas encabeçadas por:

 

 

 

Lista A – Luís Jesus Fernandes – Associado nº 141

Lista B – José Fontelas Gomes – Associado nº 75

Votaram 31 Associados, tendo os votos ficado assim distribuidos:

Lista A – Candidato Luís Jesus Fernandes – 7 votos

Lista B – Candidato José Fontelas Gomes – 23 votos

Votos Brancos – 1

Votos Nulos – 0

Com estes resultados, o novo Presidente eleito é  o Associado José Fontelas Gomes.

Oportunamente serão divulgados os restantes elementos que irão compor a Direcção.

 

 

Mensagem do Presidente da Mesa de Assembleia Geral do NAF Lisboa

Caros Associados,

Começo esta comunicação por agradecer a todos os associados que se disponibilizaram e exerceram o seu direito de voto neste acto eleitoral. Acto este que decorreu de forma calma e que provou a vitalidade de uma instituição que apresenta dois candidatos a votação, que comungam a mesma vontade de engrandecer e servir o NAF Lisboa.

Dou naturalmente os Parabéns, ao candidato vitorioso, José Gomes, que se disponibilizou desde a primeira hora para servir o nosso núcleo no mais alto cargo executivo. Dou igualmente um forte cumprimento ao candidato Luís Fernandes, que motivou a eleição com mais que um candidato em disputa, que se verificou pela primeira vez na história do núcleo. Quero igualmente registar a sua coragem, disponibilidade e espírito empreendedor.

Possuir um leque de associados que se assumem, participam e se disponibilizam, engrandece a nossa instituição, bem como a revitaliza, rejuvenesce e a torna mais forte.

Deixo um agradecimento especial ao ex-Presidente, Agostinho Correia, que demissionário desde dia 10 de Fevereiro de 2011, permitiu que o núcleo funcionasse dentro da normalidade disponibilizando-se para todas as necessidades da nossa instituição neste período, que se prolongará até dia 24/03/2011, dia da Tomada de Posse da nova Direcção do NAF Lisboa. Demonstrou ser um homem que deu ao núcleo milhares de horas do seu tempo, investindo no crescimento desta casa. Apoiado por uns, nem tanto por outros mas com a sua postura e espírito cooperativo será certamente respeitado por todos.

Como árbitros que também somos, assumimos sempre humildemente as nossas responsabilidades e as decisões que, muitas das vezes, corajosamente tomamos. É esta a nossa fibra e aquilo que nos qualifica. Este é um núcleo de homens e mulheres assim, que me orgulha enquanto Presidente da Mesa de Assembleia Geral e que trabalha para servir a arbitragem e os árbitros, associados ou não, de Lisboa ou de outro distrito. A arbitragem deverá estar sempre acima dos interesses pessoais ou dos próprios árbitros. Temos que disciplinadamente assumirmos com um profissionalismo dedicado, em todas as vertentes, a nossa posição enquanto homens-árbitros.

Grato pela vossa melhor atenção e disponibilidade,

Com os melhores cumprimentos,

Luís Estrela

Presidente da Mesa de Assembleia Geral do NAF Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

*